Notícias

Prosa Proética, do programa Tarde Ponto Com: 'Sabedoria de beira de estrada'

Por Mary Arantes, 20/02/2020 às 15:29
atualizado em: 20/02/2020 às 15:32

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Mary Arantes
Mary Arantes

Teoricamente, férias é pra descansar, relaxar, em nada pensar. Mas, ando infalivelmente com um caderninho na bolsa, vai que....

Viajamos de carro nestas férias pro sul da Bahia, com o privilégio de ter dentro do carro, dois médicos. Um deles me chamou a atenção pra quantidade de casas de pau-a-pique que ainda existem naquela região. Inimaginável pra ele, já que este tipo de moradia é casa para barbeiro e não pra humanos.

Falamos de hanseníase, mais conhecida como lepra, e de como hoje, quem a tem, não vive mais segregado, isolado em colônias como antigamente. Lepra hoje tem cura! Pena que nosso país neste quesito é o segundo em números absolutos no hanking mundial, perdendo apenas pra índia, que tem muito mais habitantes que o nosso, o que torna nosso segundo lugar ainda mais vergonhoso.

Aprendi com seu Pedro, dos povos Pataxós, como se faz a colheita da pimenta do reino. Eles colhem a semente ainda de vez, e para que todas fiquem pretinhas, como as conhecemos no mercado, são levadas ao fogo, fervidas, depois colocadas pra secar, assim conseguem o aspecto uniforme. Se não fazem isso, perdem a temporada da safra, e consequentemente a venda.
Aprendi que o urucum que é vendido no supermercado é pilado misturado à farinha de trigo ou de mandioca, e que ele é o responsável pela coloração da gema do ovo que compramos, pois é usado misturado na ração das galinhas, com este objetivo. Se por ventura, você abrir um ovo e encontrar uma gema alaranjada, essa cor é do hormônio!

Mussurunga é um tipo de areia, escura, daquelas que o pé da gente fica preto quando nela pisa. Mussurunga é areia do mangue.

Edith é cozinheira, comemos sua comida todos os dias em que ficamos em Corumbau, graças à Deus ali quem cozinha com sabedoria ainda é chamada de cozinheira. Assim como o asfalto, a palavra chef ainda não chegou por lá.

A maioria das cidadezinhas que visitamos não têm saneamento básico e retirar o lixo dali é coisa difícil. Saber o que viraria adubo e o que não é reciclável seria coisa simples. Falta investimento em palestras, falta investimento em educação. Alias, presenciamos na estrada, pessoas que ainda atiram lixo pela janela do carro. Atitude abominável.

Em quase todas as cidadezinhas, encontrei bibliotecas, meus olhos brilhavam ao saber que letrinhas e sabedoria estão sendo distribuídas gratuitamente.

Em Corumbau, na rua principal, uma caixa transparente com livros dentro, como se fosse uma caixa de correio, ao acesso de qualquer um, sugerindo que você poderia retirar pra ler e também depositar um livro ali, me fez crer que ainda temos chance.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador afirmou não guardar mágoa do Cruzeiro e disse que tem amigos no clube celeste.

    Acessar Link