Notícias

Trio que esteve na Itália é internado no Sul de Minas com suspeita de Coronavírus

Por Redação, 26/02/2020 às 16:24
atualizado em: 26/02/2020 às 16:45

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

Três pessoas foram internadas no Hospital Samuel Libânio, em Pouso Alegre, no Sul de Minas, com sintomas compatíveis com o coronavírus. Com isso, já são cinco os casos suspeitos da doença em Minas, mas a Secretaria de Estado de Saúde só confirma dois casos. São duas mulheres, em Belo Horizonte, uma de 25 e outra de 52 anos, sob suspeita.

O trio esteve na Itália e chegou a Varginha com os sintomas. Depois foi encaminhado para o hospital, indicado pela Secretaria Estadual de Saúde para atender casos suspeitos de Coronavírus. 

Em BH, duas mulheres com história de viagem à Tailândia e Vietnã estão internadas em isolamento em dois hospitais. Apesar da coincidência, os casos não possuem vínculo epidemiológico entre eles, segundo nota da secretaria.

Até esta quarta-feira foram notificados quatro casos suspeitos de Coronavírus (COVID-2019) em Minas Gerais; dois foram descartados após realização de exames e dois estão em investigação.

Primeiro caso confirmado

O primeiro caso do novo coronavírus na América Latina foi confirmado. A contraprova de um paciente de São Paulo que já havia sido notificado como caso suspeito na noite dessa terça-feira (25) também deu positivo.

Com a confirmação, o Brasil é o primeiro país da América Latina com um caso confirmado do novo vírus que já matou 2.708 pessoas no mundo.

O paciente, um homem de 61 anos, foi atendido na segunda (24), e a Vigilância Epidemiológica de São Paulo foi notificada terça-feira (25). “O paciente encontra-se em bom estado clínico e sem necessidade de internação, permanecendo em isolamento respiratório que será mantido durante os próximos 14 dias”, diz nota do Hospital Israelita Albert Einstein.

O homem, residente em São Paulo, esteve na Itália a trabalho no período de 9 a 21 de fevereiro. 

Iniciado na China em dezembro, o surto já tem cerca de 80 mil casos pelo mundo e mais de 2,7 mil mortes. Desde o fim da semana, a explosão de casos da Itália tem elevado o alerta global sobre a doença.

Critérios 

Nessa segunda-feira (24) o Ministério da Saúde ampliou os critérios para definição de caso suspeito para o novo coronavírus. Agora, também estão enquadradas dentro desta definição as pessoas que apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar, e chegando dos seguintes países: Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália e Malásia. A lista já incluia, além da China, Cingapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Camboja, Japão, Tailândia e Vietnã. 

A doença continua se espalhando pela Europa. Na Itália, o número de mortes pelo vírus saltou para 11 e o total de casos confirmados subiu para 300. Na Espanha, um hotel nas Ilhas Canárias com 1 mil hóspedes e funcionários foi posto sob quarentena, depois da confirmação de um caso no local, de um turista italiano. Outro caso foi confirmado na região Catalunha. Suíça, Áustria e Croácia confirmaram os primeiros registros da doença.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador afirmou não guardar mágoa do Cruzeiro e disse que tem amigos no clube celeste.

    Acessar Link