Emanuel Carneiro

Coluna do Emanuel Carneiro

Veja todas as colunas

A hora da verdade

15/06/2020 às 12:35


Nunca houve uma parada tão grande no futebol.

O que parecia num primeiro momento uma nuvem passageira ganhou espaço, sem data para ir embora.

Alguns países, entre eles Espanha, Itália e Alemanha, recomeçaram suas competições com público ausente. E como é estranho, sem graça, ver estádios vazios e sem o calor humano do público. Isto já estava começando a acontecer no Brasil quando a bola entrou em recesso.

Não há, neste momento, qualquer notícia em que pé nós estamos e o desencontro de informações chega a causar espanto, tudo que é falado ou prometido não passa de especulação e a única certeza é que a pandemia nos pegou de jeito e faltou uma coordenação sobre a forma de combater com seriedade e competência a força desconhecida do inimigo.

O que se lamenta no caso brasileiro é a pressa em baixar a guarda e sem ouvir a palavra final dos médicos e especialistas. Instalamos o caos e dele custaremos a nos livrar.

No futebol apareceram as contas a pagar. Como sempre os dirigentes botam a culpa na pandemia, se esquecendo, por conveniência que o buraco já tinha sido criado antes de ela chegar.

O consenso atual nos indica que tudo vai mudar, em todos os setores da economia e o futebol não vai fugir à regra porque está inserido no contexto.

Vendo a realidade do ponto de vista local aqui em Minas as dificuldades antigas vão ganhar uma dimensão dramática pois os números das dívidas do Cruzeiro e Atlético são assustadores. Como chegamos a isso, todo mundo sabe. O que importa neste momento é encontrar a saída para a encrenca financeira.

A conta chegou. A Fifa não perdoa. O dinheiro tem que aparecer de algum lugar e os clubes ainda contam com parcerias em caráter urgente, mas isto não dura para sempre.

O tom do comentário que você está lendo pode parecer pessimista demais, mas não é apenas negativo, tem um lado de advertência que não é de agora.

A ilha da fantasia que abriga o nosso futebol profissional não existe mais.

Agora é cair na real.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link