José Lino Souza Barros

Coluna do José Lino Souza Barros

Veja todas as colunas

Se você sentir-se mal, pode chorar! As lágrimas curam feridas

Da psicóloga Jennifer Delgado

09/07/2020 às 11:57
Ouça na Íntegra
00:00 00:00

“As lágrimas que não choram, esperam em pequenos lagos? Ou serão rios invisíveis que correm para a tristeza?”, Perguntou o poeta Pablo Neruda. Agora sabemos que as lágrimas que não choramos machucam mais do que as que derramamos, porque estão presas no interior, inundando lentamente nossos corações. Ao contrário, o choro tem um efeito catártico. (...)

O coronavírus e o confinamento condensaram em um curto período de tempo uma ampla faixa afetiva que é muito difícil de gerenciar. Dado o que poderia ser um dos maiores desafios de nossas vidas, é compreensível que às vezes tenhamos vontade de chorar. Chore pelo que nos toca perto e longe. Pelo que aconteceu e pelo que está por vir. Para aqueles que não são mais. Pelo que perdemos. Chore de medo ou desamparo, de frustração, exaustão ou estresse. Seja qual for o motivo, as lágrimas agora podem aliviar a tensão psicológica em que estamos.

Não choramos porque somos fracos, choramos porque sentimos. (...) Esconder emoções pode nos fazer sentir piores. Mesmo que pensemos que estamos nos distraindo, essas emoções acabarão se firmando e exercerão sua influência negativa sobre o nosso bem-estar. Estresse, frustração, desamparo ou medo continuarão a crescer dentro de nós para nos fazer pagar uma conta muito alta. (...)

A chave é abraçar nossos sentimentos. Precisamos parar de ver o choro como um inimigo para evitar a todo custo e assumi-lo como uma resposta emocional completamente normal a situações que nos dominam. Chorar indica que algo importa para nós, que sentimos e estamos vivos. (...)

Quando paramos de chorar, geralmente encontramos um novo equilíbrio psicológico e um sentimento de paz nos rodeia, o que facilita a aceitação. Precisamos aproveitar esse momento para ver as coisas que nos interessam de uma nova perspectiva, com uma mente mais clara e um coração livre de tristeza. Então podemos tirar proveito de todo o potencial curativo das lágrimas.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O Flecheiro joga o seu 101° jogo pelo Cruzeiro #itatiaia

    Acessar Link