Notícias

Titular após vídeo polêmico, Guga é vaiado e depois recebe aplauso dos torcedores no Mineirão

Por Redação/Agência Estado, 04/12/2019 às 22:49
atualizado em: 04/12/2019 às 22:54

Texto:

Foto: ARACELI SOUZA/MYPHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
ARACELI SOUZA/MYPHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A vitória sobre o Botafogo por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Mineirão, garantiu o Atlético na Copa Sul-Americana de 2020, mas significou ainda mais para o lateral-direito Guga. Envolvido recentemente em polêmica após comemorar o título da Copa Libertadores do Flamengo em vídeo postado nas redes sociais, começou a partida sendo bastante vaiado. Aos poucos, porém, os apupos foram sumindo por conta da boa partida realizada pelo jogador.

Antes mesmo de o jogo começar, Guga foi bastante vaiado pelos torcedores. Titular, o jogador começou a partida na lateral-direita, enquanto Patric foi deslocado para a esquerda porque Fábio Santos estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

No início da partida, Guga continuou sendo vaiado a cada vez que tocava na bola. As críticas só diminuíram depois que o camisa 98 começou a jogada do primeiro gol, marcado por Jair, aos 40 minutos do primeiro tempo. O lateral recuperou a bola ainda no campo de defesa e tocou para Cazares na ponta direita. O equatoriano deu um drible desconcertante no jogador do Botafogo e cruzou para Jair estufar as redes.

Após o gol, Guga sentiu ter tirado um ‘caminhão’ das costas e desabou no gramado. Ao ver o companheiro caído, Luan o levantou e o levou para perto dos outros jogadores que celebravam a abertura do placar.

"Foi uma das semanas mais difíceis da minha vida. Só meus pais e meus companheiros sabem o que eu passei. Agradeço o carinho recebido por todos do elenco. Sei que vai ser difícil, mas só posso mudar isso dentro de campo. Estou tendo oportunidade e farei de tudo para mudar essa história", disse Guga ainda no intervalo da partida.

Relembre o caso

No dia 23 de novembro, Guga postou um vídeo no Instagram comemorando a vitória de virada do Flamengo sobre o River Plate, em Lima (Peru), que deu o título da Libertadores ao clube rubro-negro. "Morde as costas, filho da p**! Essa p* é Flamengo, c**", disse o atleta, que estava concentrado na Cidade do Galo, pois o Atlético enfrentaria o Athletico-PR no dia seguinte, no Mineirão.

A reação da torcida atleticana foi imediata. Diante da repercussão negativa, o vídeo foi excluído pelo jogador minutos depois.

A diretoria do Atlético também não deixou o fato passar em branco e tirou Guga da lista de relacionados para a partida contra o Furacão. Além disso, o lateral foi multado.

Em novo vídeo, divulgado no dia 25, Guga pediu desculpas à torcida afirmando que estava “em brincadeira com amigos e familiares” e que sabe que só inverterá essa situação em campo. No mesmo dia, o jogador se desculpou com o elenco antes do treino na Cidade do Galo.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador afirmou não guardar mágoa do Cruzeiro e disse que tem amigos no clube celeste.

    Acessar Link